ONDE COMER EM ROMA, COMO UM VERDADEIRO ITALIANO!

ONDE COMER EM ROMA, COMO UM VERDADEIRO ITALIANO!

Lembro-me muito vagamente do periodo da minha vida em que morava em Roma, mas lembro-me de forma clara, sobretudo, do calor atroz, a dificuldade em atravessar a estrada porque os semáforos nunca ficam verdes para os peões e os melhores e mais baratos restaurantes onde comer em Roma.

Gosto de comer bem e em companhia, e orgulho-me desta da minha característica, exceto quando digo olá à balança, mas essa é outra história.

Ser turista em Roma significa visitar os locais históricos da cidade, mas também fazer uma imersão na cultura e pratos típicos de Roma, que encontrei nos lugares mais impensáveis, porque, além de desafiar o teste de sabores, também gosto de andar sem rumo. Foi assim que conheci os melhores restaurantes da capital.

Quando penso no binómio gastro-Roma, penso que esses meses de loucura a partilhar casa e semáforos com caloiros, valeram a pena. Em troca, provei o melhor macarrão. O nosso tour gastronómico está prestes a começar, bom apetite!

 

A MASSA ALL’AMATRICIANA

Quando decidi deixar de lado a carne totalmente, também disse adeus a macarrão all’amatriciana e seu molho com bacon, e tentei pela minha mão inventar uma massa amatriciana vegetariana, ainda que os resultados, at´çe agora, não são bem os mesmos.

Mas como não recordar com alegria os tempos em que eu comia uma bela massa amatriciana verdadeira, como apenas nos restaurantes típicos de Roma? A Trattoria Vecchia Roma no distrito de Esquilino é o lugar ideal para comer uma amatriciana asério e respirar um ambiente jovem e tranquilo, de modo que parece estar na sala de jantar da sua avó, mimada por pessoas adoráveis e deliciosos sabores.

Se se quer testar na cozinha, aqui estão os ingredeintes da receita autêntica: bochecha de porco, tomates de San Marzano, queijo pecorino, óleo EVO, sal, pimenta e vinho branco.

 

PASTA ALLA CARBONARA

Massa carbonara, uma receita com ovo e bacon, ou simplesmente chamada de carbonara, é uma daquelas massas que revalorizamos apenas na idade adulta, porque até certa idade lembro-me de recusar todas as vezes que minha mãe a cozinhou pelo menos duas vezes por semana, “porque é fácil, rápido e bom”.
Quando cresci e fui forçada a cozinhar sozinha, tentei várias vezes fazer a receita da carbonara verdadeira, consultando-a na Internet. Na esperança de encontrar dicas sobre como cozinhar bem o ovo, para não ficar muito cru, quanta pimenta meter, se seria certo colocar queijo ou não… um horror! Tropecei por acaso no vídeo da carbonara francesa de Demotivateur Food, uma afronta às origens e à cultura culinária italiana e que levantou bastante polémica misturada com muitas gargalhadas entre os italianos.

Não se meta com a cozinha italiana, é um facto! Por isso, se estiver em Roma com a sua scooter à procura do melhor lugar para comer a carbonara perfeita, recomendo que estacione na Trattoria da Luigi, no distrito Campo de ‘Fiori, trattoria histórica frequentada pelos foodies locais.

 

PASTA CACIO E PEPE – Massa queijo e pimenta

Massa nunca desilude, e é por isso que é aclamada em todo o mundo. Esparguete à cacio e pepe, por exemplo, é um dos pratos que mais adoro, porque é um pouco como eu: parece simples e um bocadinho triste, mas quando se revela, vai entender o quanto é complicado de cozinhar mas, ao mesmo tempo, como é alegre.
Antes de chegar com as minhas malas pesadas a Roma e de me alojar na casa dos caloiros, pensei que só em Roma é que se dizia Cacio e Pepe. Sugiro que procure pasta cacio e pepe em restaurantes típicos de Roma, ou numa típica osteria romana, porque só aqui que vai poder saborear a receita original.

Um dos restaurantes típicos onde os romanos são “Da Felice”, é um restaurante no distrito de Testaccio. Vale a pena conhecer o proprietário, um personagem inesquecível, que se tornou lenda ao longo dos anos graças ao seu macarrão. Um prato tão bom que, durante a minha visita, deixei os bons costumes e a atitude de “Senhorita” como a minha avó gostaria e ignorei as pessoas à minha voltei quando limpei o prato com um miolo de pão. Como dizem os italianos “scarpetta”!

Se quer fugir um bocadinho do centro da cidade com sua scooter de aluguer, não pode deixar de reservar uma mesa no Hostaria Menenio Agrippa. Restaurante top, inesquecível, excelente, agraciado por Deus … estes são apenas alguns dos comentários dos convidados. Ainda não decidiu se vai ou não?

E assim, como Alberto Sordi nos ensina em “Um americano em Roma”, não tenha medo de ceder aos seus instintos e fazer pausa na dieta: “Macarrão … provocaste-me e eu vou-te destruir, agora, macarrão, vou-te comer”

Se quiser mais dicas culinárias, leia as da Pam sobre a cidade de Barcelona!

 

Sobre mim

Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Newsletter

Pin It on Pinterest

Si continuas utilizando este sitio aceptas el uso de cookies. más información

Los ajustes de cookies de esta web están configurados para "permitir cookies" y así ofrecerte la mejor experiencia de navegación posible. Si sigues utilizando esta web sin cambiar tus ajustes de cookies o haces clic en "Aceptar" estarás dando tu consentimiento a esto.

Cerrar